Para aqui vêm coisas que me apeteçam e que não me apeteçam também. O que achar que deva pôr, ponho! :)

19 novembro 2007

Insanidade

Gosto do olhar que me fazem! Aquele olhar, que mesmo sem que me digam uma única palavra, me diz que acham que sou meio alienado de tudo e de todos, que sou meio louco por não seguir a vida que seria suposto seguir. Um olhar que me diz que sou meio louco, simplesmente por não aceitar a vida que a sociedade me deveria impor. Não, ainda não me deixei vencer e pelo andar da carruagem não deixarei tão cedo. "Louco", "maluco", acusam-me (não no sentido de acusar negativamente)... é mais associarem-me a tal, mas a verdade é que eu sou SÃO, cada vez tenho mais a certeza disso! Quase me permito dizer que sou o mais SÃO de todos.
Mas de que me interessa isso? Ser SÃO em terra de loucos é como ser louco em terra de SÃOS. O que sou eu então? Sou um louco SÃO enquanto os outros são SÃOS loucos.
Peco pela diferença, ainda assim.
Medo, vem aí o Natal!

P.S.: Sejam mais comedidos no olhar que me fazem (não que me chateie com isso, até porque eu tenho um pouco de Narciso e sei que é bom olhar para mim, reconfortante no mínimo!) e por uma vez ou outra olhem para vocês, com o mesmo olhar, pode ser que descubram alguma coisa que vai mal, ou até mesmo muito mal. É o conselho do dia, aqui do louco. Beijos e abraços

2 comentários:

Ana Fonseca disse...

Talvez te ofereçam um colete de forças! :D

Cata disse...

e qd não se é louco nem são????

e qt aos olhares...consideraste a hipótese das pessoas poderem ser vesgas???????

(queria deixar um comment cheio de empatia, mas não consegui, só me saiu isto!)

Arquivo do blog

Pessoas que querem o meu autógrafo... algures!!! :p

Sitemeter